Notícias

O Paris Saint-Germain multou €100.000 por classificar os jogadores por raça.

O Paris Saint-Germain foi multado em € 100.000 após a revelação de que o clube operou uma política de listar as origens étnicas dos jovens recrutas.

Site investigativo A Mediapart publicou documentos em novembro do ano passado, revelando que o PSG detalhou as origens étnicas de potenciais jogadores entrantes, listando jogadores como Franceses, Norte-Africanos, Africanos ou Ocidentais.

É ilegal na França coletar dados com base na raça, religião ou etnia de um indivíduo.

Uma investigação do comitê disciplinar da liga francesa anunciou a multa na terça-feira, dizendo que o PSG não usou os dados por razões discriminatórias.

O comissário disciplinar da LFP, Sebastien Deneux, disse que era “mais um caso de falta de jeito individual e negligência coletiva”.

“Pelo que podemos ver, o PSG não usou as informações sobre etnia para fins discriminatórios”, acrescentou Deneux. “Não há nenhum caso de discriminação que possa ser provado.”

O diretor do PSG, Bertrand Rezeau, recebeu uma multa suspensa de € 10.000, enquanto os chefes de recrutamento Marc Westerloppe e Pierre Reynaud receberam uma acusação suspensa de € 5.000.

 

Sem comentários