Notícias

Mariah Carey processa o ex-assistente planejando extorquir ela.

Mariah Carey está em processo de processar uma ex-assistente alegando que secretamente gravou a diva e ameaçou vazar o material embaraçoso se Carey não pagasse US $ 8 milhões.

TMZ relata que a cantora entrou com ações judiciais contra Lianna Azarian, a quem ela contratou em março de 2015 como assistente executiva. Logo, Azarian começou a usar o cartão de crédito de Carey com compras pessoais. Ela também usou o nome de Carey para conseguir grandes descontos.

Sem o conhecimento de Carey na época, Azarian começou a filmar secretamente as atividades pessoais de Carey, o que seria embaraçoso e extremamente prejudicial, tanto pessoal quanto profissionalmente, se revelado ao público. Carey acredita que sua ex-assistente já mostrou alguns vídeos para amigos.

A chantagem começou depois que Carey a demitiu em novembro de 2017. Depois, o cantor afirma que Azarian exigiu US $ 8 milhões, ameaçando vazar os vídeos privados se Carey recusasse.

Carey diz que pediu os vídeos e outras provas de atividade criminosa sem sucesso. Ela está procurando mais de US $ 3 milhões em danos não especificados.

Sem comentários