Notícias

Documentário sobre as alegações de abuso sexual de Michael Jackson para estrear em Sundance.

Um documentário sobre as acusações de abuso sexual contra o falecido músico Michael Jackson estreará no próximo Festival de Cinema de Sundance. Deixando Neverland vai narrar as histórias de dois homens que estão agora em seus 30 anos, que alegam que eles foram abusados ​​sexualmente pelo Rei do Pop nos anos 90.

Segundo relatos, os dois episódios são combinados em 236 minutos e estão marcados para estrear em 25 de Janeiro no Egyptian Theatre em Park City. Será seguido por uma sessão de perguntas e respostas. Os homens não foram revelados ao público e detalham que os abusos começaram às idades de sete e dez anos.

“Deixando Neverland artesanato um retrato de exploração e decepção sustentada, documentando o poder da celebridade que permitiu que uma figura reverenciada se infiltrar na vida de crianças starstruck e seus pais”, detalha o site Sundance.

Em 2005, Jackson foi absolvido de acusações de abuso sexual infantil após um julgamento altamente divulgado. O documento foi dirigido e produzido por Dan Reed, que é conhecido por seu trabalho em The Pedophile Hunter e Three Days of Terror: The Charlie Hebdo Attacks.

Esta notícia vem apenas alguns dias depois de um documentário altamente divulgado detalhando a suposta conduta sexual de R. Kelly, que apresenta várias entrevistas de sobreviventes de seu comportamento controverso.

Curiosamente, R. Kelly e Micheal Jackson eram bons amigos. R. Kelly escreveu várias músicas de sucesso para Micheal.

Sem comentários