Notícias

A lenda do reggae, Buju Banton, foi libertada da prisão dos EUA depois de cumprir pena de sete anos de prisão.

Boas notícias para regravar os fãs no Brasil e no mundo. O cantor de reggae jamaicano Mark Anthony Myrie, popularmente conhecido como #BujuBanton, foi libertado de uma prisão federal na Geórgia.

O Departamento Federal de Prisões atualizou seu localizador de reclusos para mostrar que ele foi libertado na sexta-feira, 7 de dezembro, do Centro Correcional McRae, na Geórgia. Banton foi condenado por acusações federais de drogas em fevereiro de 2011 por posse ilegal de arma de fogo e conspiração para possuir cocaína com intenção de distribuir.

Ele foi condenado a 10 anos, uma sentença que seus advogados apelaram a ser reduzidos um ano depois, citando sua “participação limitada” na operação de drogas que levou à sua falência em dezembro de 2009.

O jornal Jamaica Observer informou que Banton voltou para casa no fim de semana, onde multidões de fãs se reuniram no aeroporto para aguardar sua chegada. Seu amigo e gerente disse ao jornal que Banton decidiu não usar a saída regular do aeroporto porque não queria ser assediado. “Ele achava que a multidão era grande demais, e Buju já havia sido assediado pelas dezenas de passageiros que viajaram para casa com ele tirando fotos, filmando e fazendo perguntas no caminho de volta para casa”, disse Donovan Germain. O músico foi ao estúdio do aeroporto e está ansioso para se apresentar no início do próximo ano, acrescentou.

Banton é um dos artistas de reggae mais conhecidos da Jamaica, onde ele é considerado um grande nome no mesmo gênero musical que apresenta ícones como Bob Marley. Sua popularidade entre os fãs de reggae levou à sua colaboração com artistas internacionais dos EUA, como Busta Rhymes e Fat Joe. Após sua libertação, o rapper P. Diddy postou uma mensagem no Instagram. “Hoje é um dia glorioso. Buju é grátis. Vamos!” ele disse.

Grite para os caras do planetareggae.com.br minha estação de internet de reggae Brasileira favorita.

Sem comentários